Alice in process…

Instead of the question “Who is Alice?” there are now paths leading to what Alice might come to be…

1 May 2010

Alice entre São Saruê e Lucy in the sky with Diamonds



Ilustração Marcos Garuti

Alice em Cordel
João Gomes de Sá

(...)

Transporto com muito gosto
Para o cordel brasileiro
História de encantamento,
Famosa no mundo inteiro.
Mas Lewis Carroll é o autor,
Pois foi ele, meu leitor,
Quem a redigiu primeiro.

O país das maravilhas
Tem aqui nova versão.
O verso metrificado
Da popular tradição
Apresenta como alice
Vence o tédio e a mesmice
Com muita imaginação.

(...)

Maravilhada ficou
Com o fato acontecido.
Pegou a fruta e guardou
No bolso do seu vestido.
Recomeçando a andar,
Disse: - Agora vou achar
Meu belo jardim florido!

(...)

Por lá viu rios de leite,
Montanhas de goiabada,
Castelos de Rapadura,
E árvores de marmelada.
Suspirou muito porque
Somente em São Saruê
Tal riqueza era encontrada.
(...)

"Viagem a São Saruê"
Manoel Camilo dos Santos

(...)

Avistei uma cidade
como nunca vi igual
toda coberta de ouro
e forrada de cristal
ali não existe pobre
é tudo rico em geral.

Uma barra de ouro puro
servindo de placa eu vi
com as letras de brilhante
chegando mais perto eu li
dizia: - São Saruê
é este lugar aqui.

Quando avistei o povo
fiquei de tudo abismado
uma gente alegre e forte
um povo civilizado
bom, tratável e benfazejo
por todos fui abraçado.

O povo em São Saruê
tudo tem felicidade
não há contrariedade
não precisa trabalhar
e tem dinheiro a vontade.
(...)



Lucy in the sky with Diamonds
John Lennon

(...)
Imagine-se em um barco num rio
Com árvores de tangerina e céus de marmelada
Alguém lhe chama, você responde lentamente
Uma garota com olhos de caleidoscópio
Flores de celofane amarelas e verdes
Crescendo por sobre sua cabeça
Procure a menina com o sol em seus olhos
E ela se foi
Lucy no céu com diamantes
Lucy no céu com diamantes
Lucy no céu com diamantes
(...)


País da cocanha, por Brueghel.

"A Cocanha é um país mitológico, conhecido durante a Idade Média. Nesta terra mitológica, não havia trabalho e o alimento era abundante lojas ofereciam seus produtos de graça, casas eram feitas de cevada ou doces, sexo podia ser obtido imediatamente de freiras, o clima sempre era agradável, o vinho nunca terminava e todos permaneciam jovens para sempre.. Vivia-se entre os rios de vinho e leite, as colinas de queijo (queijo chovia do céu) e leitões assados que ostentavam uma faca espetada no lombo. O País da Cocanha, ou Cocagne, foi retratado pelo pintor Pieter Brueghel. Cocanha, segundo o critério de alguns analistas do comportamento social, também representou um símbolo para a cultura hippie nos anos finais da década de 60, um lugar onde todos os desejos seriam instantaneamente gratificados." Wikipedia

No comments:

Post a Comment