Alice in process…

Instead of the question “Who is Alice?” there are now paths leading to what Alice might come to be…

4 Jul 2013

IV Carrollsday - Belo Horizonte: 4 de julho de 2013




Imagem inline 1



Em sua 4ª edição, o Carrollsday traz performances do Valores de Minas e Grupo Indigestão junto a uma rica exposição literária.

 Inspirado no evento internacional Bloomsday, criado em homenagem ao livro “Ulisses”, de James Joyce, a ideia desse projeto é fazer um dia dedicado a Lewis Carroll, matemático, fotógrafo e escritor inglês, criador da obra Alice no País das Maravilhas. É a partir desse conceito que a artista plástica Beatriz Mom criou o Carrollsday, evento de artes integradas que mistura a literatura com outras áreas artísticas.


 Em sua 4ª edição o evento retorna a Livraria Mineiriana através do edital da FUNARTE de programação cultural para livrarias. Este ano convidamos dois grupos que apresentaram recentemente trabalhos ligados a cultura nonsense, são eles: Grupo Indigestão, formado pelos artistas Clarice Steinmuller, Guto Valentin, Noemi Assumpção, Rafael Machado e Rafael Perpétuo; e o Valores de Minas, programa social que desde 2005 realiza a formação artística multidisciplinar para jovens.




Grupo Indigestão


Grupo Indigestão
O Grupo Indigestão é o convidado do "Chá muito louco" e trará o limite do proibido para perto do limite da razão através de ações performáticas e instalações. Tratando de criar um chá das cinco onde o exagero do consumo cotidiano, como pilhas de xícaras confeccionadas com açúcar, chás de cogumelos, sinfonias e reações alucinógenas farão o espectador à discutir onde chega a permissão da sociedade em se situar fora da realidade, seja ela qual for (numa citação ao pensamento kantiniano de que cada realidade depende de uma referencial).


ALI(CE)IA - Valores de Minas - foto Guto Muniz
ALI(CE)IA - Valores de Minas - foto Guto Muniz
ALI(CE)IA - Valores de Minas - foto Guto Muniz
Os jovens do Valores de Minas farão cenas do espetáculo Ali(ce)ia, inspirado na história de "Alice no País das Maravilhas" e apresentado em 2011. A esquete contará com cerca de 30 jovens atores e trará uma narrativa adaptada do caminho percorrido pela menina em busca de seu livro preferido que foi roubado. Nesse percurso, Maria Alice se depara com a Rainha Vermelha, que tenta destruir todos os livros do mundo, com o Gato de Cheshire, que prevê o futuro, e vários outros personagens que ora dificultam, ora ajudam a jovem em sua busca.

 O evento contará ainda com a exposição literária, organizada pela pesquisadora Lídia Mendes contará com mais de 50 títulos raros, antigos e especiais de livros de “Alice no país das maravilhas”, da cultura nonsense e biografias de Lewis Carroll. O público poderá tocar e ler as obras. Todos parte do acervo de pessoal de Mell Liddell, Erika Vaz, entre outros colecionadores que emprestaram suas obras.


(DES) PROGRAMAÇÃO:  9h - 22h 

 17h – 18h30 

“Um chá muito louco”: performance com o Grupo Indigestão. 
 Exposição literária – obras raras, antigas e especiais de “Alice no País das Maravilhas". 

19h – 21h 

Performance e esquete teatral da peça Ali(ce)ia. (Valores de Minas).

 IV Carrollsday – Um dia dedicado a Lewis Carroll, a Alice e o nonsense. 

 Data: 04 de julho de 2013 (quinta-feira) 

 Horário: 09h – 22h 
 Local: Livraria Mineiriana (Rua Paraíba, 1419, Funcionários – BH/MG – Brasil) 
 Classificação: Livre 
 Realização: Livraria Mineiriana 
 Parceiros: Sociedade Lewis Carroll do Brasil, Valores de Minas/Plug Minas. 
 ENTRADA GRATUITA 
 CONTATO: carrollsday@gmail.com


No comments:

Post a Comment