Alice in process…

Instead of the question “Who is Alice?” there are now paths leading to what Alice might come to be…

18 Apr 2010

ALICE FAZ, AQUI SE CANTA

UM ASSUNTO REALMENTE ALICI... ANTE – PARTE 1

Ayrton Mugnaini Jr.

Veja seu BLOG

Nada como redescobrir um assunto interessante e perceber que esse assunto torna-se cada vez mais interessante. Pois bem, vamos a um destes assuntos. O que Ginger Rogers, Cary Grant, Roberto Carlos, John Lennon, Raul Seixas, Grace Slick, Susana Vieira, Tom Waits, Captain Beefheart, Elton John, Irving Berlin, Betty Boop, Sammy Davis Jr. e Danny Elfman têm em comum? Ora, muito simples: todos participaram de obras e/ou compuseram canções inspiradas em Alice, a famosa personagem do escritor e matemático inglês Lewis Carroll e que vem tendo surtos de popularidade já desde antes da adaptação em desenho animado de seu livro Alice’s Adventures In Wonderland (que se tornou mais conhecido simplesmente como Alice In Wonderland) pelo estúdio de Walt Disney em 1951 – conheci este desenho em 1970 e recentemente me surpreendi ao saber que era tão antigo; parece bem mais recente, fiel à atemporalidade da obra de Lewis Carroll, que talvez forma a grande trinca de romancistas infanto-juvenis anglo-saxões da virada dos séculos 19 para 20 ao lado do escocês J. M. Barrie de Peter Pan e do estadunidense L. Frank Baum de O Mágico de Oz.



Alice no País das Maravilhas (Walt Disney, 1951)


Peter Pan (Walt Disney, 1953)


O Mágico de Oz (direção Victor Fleming, 1939)

Só uma relação de blogs e páginas na internet dedicadas a Alice e Lewis Carroll já seria um grande assunto; para começar, temos uma prata da casa, o blog brasílico Alicenations.

E como hoje é meu desaniversário, vou comemorar com uma ligeira coletânea de gravações as mais diversas, dentre as menos óbvias, inspiradas em Alice. (Sim, se você quiser pode imaginar os linques dizendo “Beba-me”.)



O ARTIGO CONTINUA AQUI


Ayrton Mugnaini Jr.
Jornalista, compositor, tradutor, pesquisador de música popular, escritor, humorista e futuro pizzaiolo. Colaborador de publicações como Dynamite, Cães & Cia., Superinteressante, Mundo Estranho, Poeira Zine, 20/20 Brasil e virtuais como Senhor F, Burburinho, Yahoo Brasil e Garage Hangover. Autor de livros sobre Adoniran Barbosa, Rita Lee, Chiquinha Gonzaga, Raul Seixas, o grupo Queen e outros, além da primeira enciclopédia sobre música sertaneja. Tradutor oficial aprovado pela Junta Comercial do Estado de São Paulo. Curador do Arquivo do Rock Brasileiro, criado pela Associação Cultural Dynamite. Integrante do grupo Tosqueira Ou Não Queira (TONQ) e d'A Banda,liderada pelo tecladista Tato Fischer. Ex-integrante do Língua de Trapo (o original dos anos 1980) e de Kid Vinil & Magazine (segunda formação). Membro do Clube Caiubi de Compositores, da União Brasileira dos Escritores e da Associação Brasileira de Críticos de Artes. Adepto do DIY (Do It Yourself), sem cair no extremo do HIYANE (Hear It Yourself And Nobody Else).

No comments:

Post a Comment