Alice in process…

Instead of the question “Who is Alice?” there are now paths leading to what Alice might come to be…

10 Feb 2015

MIMI estou caindo


Follow us in the first celebration of the 150th un-unbirthay of  "Alice in Wonderland" (1865) promoted by the Lewis Carroll Society of Brasil.

This underground journey was part of the event "Jardim das Descoisas" promoted by Ágatha Barbosa at CASA DAS CALDEIRAS in 2/1/2015.


A glance inside the rabbit "whole" in our first event to celebrate the 150th un-unbirthday of Alice in wonderland. Alicedelic!

Dream concept: Adriana Peliano

 Materialization: Lewis Carroll Society of Brasil and guests


ARTISTS: Adriana Peliano (Dream), Paulo Beto (Soundtrack), Lucca Del Carlo (multimídia installation), Chico Jolvisen (Motion graphic design). LOLITAS / ALICES: Clara Campos, Camila Fiorentini, Ingrid Rabello, Jesse Reeves e Nathalia Oliveira. TEXTS: Lewis Carroll, Nicolau Sevchenko and Adriana Peliano. VOICE: Sílvia Tape. MAD HATTER: Marcelo Dust.




  Foto: Lente Materna / Sonho: Adriana Peliano / Lolita: Nathalia Oliveira


  Foto: Paloma Bertisolli Milanez / Sonho: Adriana Peliano


Foto: Lucca Del Carlo / Sonho: Adriana Peliano

Foto e instalação multimídia: Lucca Del Carlo

Foto e instalação multimídia: Lucca Del Carlo



Foto e instalação multimídia: Lucca Del Carlo




 Foto: Paloma Bertisolli Milanez / Sonho: Adriana Peliano



Adriana Peliano
  
CAINDO… CAINDO… CAINDO




 Foto: Lucca Del Carlo / Chapeleiro: Marcelo Dust / Sonho: Adriana Peliano


 Foto: Paloma Bertisolli Milanez / Chapeleiro: Marcelo Dust

  arte: Adriana Peliano


 Foto: Paloma Bertisolli Milanez / Sonho: Adriana Peliano













Agradecimento espacial: Ágatha Barbosa 


Adriana Peliano Viagens alicedélicas
Paloma Bertisolli Milanez  www.coagula.com.br
Lucca Del Carlo FLICKR







Essa viagem abre portas para as comemorações dos 150 anos da obra “Alice no País das Maravilhas” pela Sociedade Lewis Carroll do Brasil.

Portal 1: TUNEL DE BRILUZES: Caindo, Caindo, Caindo. 

Instalação multimídia de Lucca Del Carlo.

Portal 2: XÍCARA DE CHAVES: Transflormação.

 Bebida mágica colhida no jardim de Alicismos.
Chapeleiro: Marcelo Dust

Portal 3: BOLHAS DE SONHO: Quem está sonhando? 

Alices em nuvens de coelhos e sonhos infláveis.

Portal 4: ALICEOSCÓPIO DE SONHOS: subindo, subindo…

Criando e soltando sonhos em em direção ao que ainda não existe.













Projections and photo: Lucca Del Carlo


SONHO VIVO: MIMI ESTOU CAINDO!

Parte integrante do evento “Jardim das Descoisas”.
Casa das Caldeiras, São Paulo, 01/02/2015
Horários: 16:20 e 18:00

Celebrando os 150 anos de Alice, a Sociedade Lewis Carroll do Brasil cria um novo roteiro de aventuras no mundo da menina viajada e viajante e suas encantadoras alicinações. Quando mergulhou dentro da toca do coelho branco, Alice iniciou uma viagem sem fim, que continua a respirar e inspirar espirais de sonhos e desafios surpreendentes para nossos corações e mentes. Hoje encontramos em Alice um chapéu matemágico, alicinado e alicinante, de onde voam borboletras, metamorflores e florosofias.



"Sou uma espécie estranha de Alice
 que um dia entrou na espiral do tempo e olhou para cima, no final do Túnel da Casa das Caldeiras. Para baixo ou para cima? Me pergunto.
 Nunca mais fui a mesma, aquela vertigem ainda me assombra
e convida para viagens por caminhos curiosíssimos desvendando as magias da profundidade da terra e de mergulhar para o alto em direção ao que ainda não existe.

Aquele é um lugar que habita as minha memórias com surpresas, mistérios, vestígios, esconderijos e perguntas. A imaginação delira a possibilidade de criar novos mundos, de viajar por dentro e por fora, para cima e para baixo, de alicinar a consciência, de ter coragem para atravessar o desconhecido, o caminho para o crescimento e as profundas transflomações. Alice comeu um pedaço do bolo para crescer como o maior telescópio jamais visto. No mundo contemporâneo o espelho de Alice virou um caleidoscópio múltiplo e metamófico, um Aliceoscópio para observar metamorflores e devires.


 No mundo de Alice e seus engimas a Casa das Caldeiras
 é uma Mágica do Tempo. Como um sonho dentro de outro, sonho habitar esse mundo subterrâneo, um mundo aonde os sonhos acordam e atravessam espelhos em nossos olhos. Quero então convidar todas Alices e Coelhos do mundo para uma viagem alicedélica."


Adriana Peliano






No comments:

Post a Comment