Alice in process…

Instead of the question “Who is Alice?” there are now paths leading to what Alice might come to be…

16 Dec 2012

a call to the unknown

Adolf Hoffmeister
 illustration for Comte de Lautreamont’s Poesies (Bratislava, 1967) 


 "Ainda mal entramos e já todos os pequenos gênios da infância nos saltam ao pescoço. Realmente, de uma minúscula flor transformável, não desdenha o nosso sapientíssimo guia, o Sr. Bolinaga, que preside a todo este incessante fausto, fazer com que salte a nossa vista o coelho de Alice in Wonderland; assim como a própria mesa onde Alice comia se estendeu a perder de vista perante nós, quando levamos à boca o liliputiano tomate de pitanga, com o seu estranho gosto a veneno. Cá temos a comprida e pontiaguda folha, barbada de seda, que ela utilizava nas suas mensagens  

[...] Depois dessa folha viva, a qual acabamos de ver Alice confiar os seus projetos, impossível nos é perder mais tempo a erguer contra o sol uma outra folha, esta seca, mas parecida com um grande às de paus desprovido de base e recortado numa asa de cigarra: deve tratar-se agora das suas recordações." 

ANDRÉ BRETON 

 O Amor Louco. Lisboa: Editorial Estampa, 1971, pp. 96-97.


Image found at transversalinflexions




No comments:

Post a Comment